Inteligência Artificial vai acabar com os empregos?


Essa é uma pergunta que todo mundo que trabalha com soluções de IA já teve que responder alguma vez. E as respostas variam. Quem diz que a inteligência artificial vai acabar com os empregos, afirma que milhões de pessoas serão substituídas rapidamente e não vai haver tempo para criar novos.

Um paralelo que podemos usar para rebater esse argumento é olhar para trás. Como reagiu o mercado de trabalho quando começamos a colocar máquinas para fazer trabalhos de dezenas, às vezes centenas de pessoas? Novas vagas surgiram, seja na operação das máquinas, seja na distribuição ou venda da produção, outros postos precisaram de pessoas.

E a parte boa disso é o reflexo na qualidade de vida. O trabalho pesado está cada vez mais sendo repassado para as máquinas. Com a inteligência artificial, o movimento agora é para acabar com os trabalhos repetitivos, vivemos uma nova mudança.

Como serão os empregos do futuro?

A Gartner divulgou estudo no final do ano passado indicando que até 2025 serão criados 2 milhões de novos postos de trabalho por conta da Inteligência Artificial. Mas há um porém. No início o impacto será grande, pois as funções de níveis baixos e médios serão cortadas, para o surgimento de novas, que exigem habilidades mais qualificadas.

O estudo aponta que em quatro anos, um a cada cinco trabalhadores dependerá de inteligência artificial para tarefas não rotineiras. Isso quer dizer que vamos avançar nessa área, mas sempre aplicando IA para facilitar o nosso trabalho, não substituí-lo. Construir um relatório fica mais fácil, mas será exigido mais conhecimento para analisar seus resultados e apontar estratégias de melhoria.

Se há quem diga que o crescimento dos bots sugere o fim dos vendedores, a Gartner acredita que isso não será possível tão cedo. A empatia e os sentimentos que um vendedor consegue compreender ainda estão muito longe das capacidades dos computadores. Já as funções de caixas e estoquistas devem desaparecer.

O que fazer para se preparar?

Estratégia, análise e, principalmente, empatia com o cliente são as qualidades que diferenciam os humanos da inteligência artificial. Quer estar na frente nesse novo mercado de trabalho? Minha sugestão é exercitar mais essas características.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inteligência Artificial vai acabar com os empregos?

log in

Captcha!

reset password

Back to
log in
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format

Send this to a friend