O uso de smartphones na prevenção de doenças cognitivas


O funcionamento cognitivo -a capacidade de um indivíduo pensar e aprender- têm múltiplos componentes. A cognição envolve raciocínio, memória, atenção, linguagem e outros desempenhos do ser humano. Pensando nisso, o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC), nos EUA,  desenvolveu o Cérebro Saudável, uma iniciativa para estudar e desenvolver recursos para trabalhar o declínio cognitivo, visando a qualidade de vida.

Muitos estudos de função cognitiva se concentram na demência, incluindo a Doença de Alzheimer, mas outras doenças como derrame, lesão cerebral traumática e outros eventos ou condições também podem causar declínio cognitivo. Em muitos casos, como no Alzheimer, não há cura para o declínio cognitivo, mas a detecção e o tratamento precoces podem retardar a progressão da doença.

Em 2017, a empresa norte-americana de inovação na saúde, Mindstrong Health, obteve financiamento para continuar um estudo sobre interações de smartphones e mídias sociais para diagnosticar e tratar distúrbios neuropsiquiátricos e neurodegenerativos. Mindstrong usa inteligência artificial e aprendizado de máquina para avaliar biomarcadores digitais a partir das interações.

Um artigo feito por especialistas na NPJ Digital Medicine – revista de pesquisas que envolve medicina digital e saúde- demonstrou que as medidas passivas do uso de smartphones por parte da Mindstrong estavam correlacionadas com os testes neurocognitivos padrão-ouro convencionais. O estudo revelou algumas vantagens da tecnologia desenvolvida:

  • os pacientes não precisam tomar nenhuma ação especial;
  • não precisam ir ao consultório médico ou à clínica, mas podem permanecer em casa ou onde quer que estivessem;
  • as medições são contínuas e os dados dos estudos podem aumentar de forma rápida e maciça com o uso global de smartphones.

As oportunidades para avançar na compreensão e na prática da medicina usando inteligência artificial, big data e dispositivos digitais prometem muito mais do que prever o declínio das funções cognitivas. A crescente ameaça da doença de Alzheimer nos EUA e em outros países com população em envelhecimento, no entanto, pode continuar a ajudar esses estudos a receber o financiamento necessário.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O uso de smartphones na prevenção de doenças cognitivas

Entrar

Don't have an account?
sign up

reset password

Back to
Entrar

sign up

Back to
Entrar
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format

Send this to a friend