Vantagens genéticas no homem que colocam a seleção natural à frente da ciência


Algumas pessoas trazem vantagens genéticas que não precisam de tecnologia

Seja no mundo da ficção científica ou no mundo da ciência real, o homem sempre tenta desenvolver tecnologias para executar tarefas aparentemente impossíveis. Mas e se elas não forem tão impossíveis afinal? A seleção natural é uma caixinha de surpresas, trazendo inacreditáveis vantagens genéticas no homem!

Durante o curso da história, muitas espécies evoluíram para desenvolver habilidades importantes para a sobrevivência e os humanos também estão inclusos nessa lista. O próprio cérebro é um elemento tradicionalmente conhecido nessa evolução, mas o ambiente pode influenciar muito mais nas diferenças genéticas.

Desde o tom de pele, cor dos olhos e até grau de tolerância à lactose, as condições climáticas e de sobrevivência podem impactar nas características “tribais”. E é exatamente isso que causa habilidades fantásticas em alguns povos.

Vamos conhecer um pouco dessas vantagens genéticas que fazem inveja aos grandes cientistas?

1. Visão perfeita na água

Se você pensa que é humanamente impossível enxergar bem ao mergulhar, está completamente enganado! Enquanto a maioria dos humanos realmente tem a visão submersa embaçada, há um povo que desenvolveu a habilidade de visualizar claramente no ambiente aquático.

Trata-se dos moken, que vivem nas ilhas do mar Andaman na Tailândia. Eles são conhecidos como “ciganos do mar” e não é sem motivo: passam a maior parte do tempo vivendo em barracos na água ou barcos, retornando à terra praticamente apenas para reabastecer mantimentos de sobrevivência.

Como consequência do estilo de vida, os moken passam muito tempo submersos na busca de alimentos e acredita-se que esse hábito marinho foi responsável pela habilidade especial. No caso, os olhos dos integrantes da tribo sofrem mutação de forma ao mergulhar.

O que dificulta a nossa visão submersa é a igualdade da densidade da água e da densidade do globo ocular, impedindo uma boa refração da luz. A ciência desenvolveu algumas ferramentas que ajudam a explorar o ambiente subaquático, como óculos especiais e até submarinos e câmeras.

2. Resistência à altura

Ambientes muito altos trazem uma característica que dificulta a permanência humana: ar rarefeito com pouco oxigênio. Enquanto a ciência sempre se preocupou mais com o sonho de voar, desenvolvendo tecnologias como jatos e aviões com controle de pressão, há um povo capaz de aguentar as difíceis condições do ar nas alturas.

Essa comunidade fica nos Andes e se chama quéchua. Seus integrantes estão acostumados a viver nas montanhas e não sofrem do mal estar que causa queda de pressão, dor de cabeça e problemas respiratórios.

Entre as vantagens genéticas, os quéchuas apresentam torsos maiores com melhor capacidade de armazenar oxigênio nos pulmões e menor produção de células vermelhas em contextos de pouca oxigenação.

3. Menor quantidade de sono

Dormir é uma atividade que dá prazer ao homem, porque faz com que ele recarregue as energias. Por outro lado, há quem veja essa ação como desperdício de tempo e ignora a quantidade mínima recomendada. A ciência desenvolveu várias pílulas e medicamentos para suprimir o sono ou compensar a falta dele, assim como o café também é bastante utilizado. Só que algumas pessoas não precisam de nada disso.

Nesse caso, não há nenhuma tribo ou comunidade específica que detém a habilidade de dormir pouco, mas indivíduos que trazem uma mutação genética especial conhecida como DEC2. Trata-se de um gene que proporciona um sono mais intenso, resultando em um descanso mais rápido e efetivo.

Mas nem todo mundo que dorme pouco e se sente bem tem o DEC2. Na verdade, apenas 1% das pessoas que dormem pouco realmente traz essa mutação consigo.

4. Ossos mais fortes

O ciclo natural da vida faz com que nossos ossos percam força e resistência à medida que envelhecemos. Enquanto algumas pessoas ficam com ossos mais fracos que o normal, causando osteoporose, existe um grupo privilegiado de pessoas que conseguem manter a força do esqueleto.

A ciência investiga formas de melhorar o estilo de vida na terceira idade e proporcionar uma saúde melhor, mas essas pessoas não precisam se preocupar, pelo menos em relação ao maior órgão do corpo humano.

A mutação responsável é o gene SOST, que controla uma proteína chamada esclerotina, responsável pelo crescimento dos ossos. As pessoas que têm o gene conseguem manter a massa óssea durante o envelhecimento.

A mutação pode ser o caminho para a ciência descobrir como reverter o problema de enfraquecimento dos ossos no restante da população.

5. Imunidades a doenças

As doenças representam uma das principais preocupações do homem, principalmente quando são de caráter grave. Enquanto a ciência sempre busca formas de combatê-las, há pessoas privilegiadas com vantagens genéticas que impedem determinadas doenças de se proliferar no corpo.

Esse é o caso da malária, detida pelo gene falciforme – o gene está mais presente em regiões de altos índices da doença – e do HIV, impedido pela falta da proteína CCR5.

A CCR5 é a proteína responsável pela multiplicação do vírus da AIDS e, na teoria, sua ausência nas células é fator decisivo para a pessoa ter imunidade e poderia ser um passo para encontrar a cura da AIDS. O problema é que o HIV tem alto poder de mutação e pode encontrar novas proteínas como porta de acesso ao sistema de defesa.

6. Tolerância ao frio

Se você é do tipo que reclama de frio em temperaturas amenas, provavelmente não sobreviveria em ambientes rigorosos. A ciência busca várias tecnologias para adaptar o corpo a temperaturas muito baixas, mas, novamente, nem todos precisam se preocupar.

Algumas tribos têm nas células uma mutação que traz vantagens genéticas contra o frio extremo. É o caso dos Inuits no Ártico e doa Nenet na Rússia. As características que permitem viver bem nesses ambientes são a falta de glândulas sudoríparas, pele mais quente que o normal, metabolismo com taxas mais altas e habilidade de não tremer.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vantagens genéticas no homem que colocam a seleção natural à frente da ciência

Entrar

Don't have an account?
sign up

reset password

Back to
Entrar

sign up

Back to
Entrar
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format

Send this to a friend